Tag Archives: risque

Inspiração: Feliz Aniversário

21 set

Oi gente!!

Vim aqui apresentar um novo tema pra vocês, e ele é:

Pra quem nos acompanha desde o começo, saiba que neste último mês fizemos nosso aniversário de 4 anos!!

E também, além de ser aniversário do blog, hoje é meu aniversário! Aeeeeeeeeee! Viva eu! rs

Então, resolvi mostrar as unhas comemorativas que fiz pra este aniversário duplo. Vamos ver?

Cores:

Marshmallow de Alfazema – Risqué (para a base)

I Miss  You – Sinful Colors

Sirius – L’Apogée, coleção Stars

Pole Dance – Top Beauty, coleção Ultimate Glitter

A ideia foi fazer uma unha colorida, alegre, e com brilho, então fiz a esmaltação de base com esmalte cremoso (o fofíssimo Marshmallow de Alfazema) e fiz as pontinhas com glitter, subindo unha acima, misturando 3 esmaltes diferentes (vide foto abaixo), pra fechar bem as pontas, deixar bagunçado e colorido.

O primeiro glitter foi o Sinful Colors, que é glitter prata e rosa sobre uma base magenta transparente, este passei só na pontinha mesmo.

Em seguida coloquei o L’Apogée, que é glitter azul e mini hexagonal magenta e prata com base transparente. Puxei um pouquinho mais, até o meio da unha.

Por último coloquei o Top Beauty, que é glitter rosa e um hexagonal só um bocadinho maior, em azul e magenta, com base transparente. Este eu passei na unha toda, já que o pincel não vem muito carregado, pra dar este efeito de confete.

E é isso, uma unha feliz, colorida e alegre pra comemorar um aniversário duplo!

Gostou? Me conta!

Beijos e até a próxima!!

Anúncios

Fotografia em preto e branco

17 jul

OOOiii!!!!

E aí, como estão hoje? Como foram de feriado (para quem é de São Paulo, dia 09 foi feriado), de viagem, de vida… A minha anda muito corrida… Mas enfim, não vamos falar de coisas difíceis, vamos falar de fotografia.

O tema desta semana vale muito muito muito muito a pena ser aprofundado. Sebastião Salgado é um ícone (estranho falar isso de uma pessoa, ainda mais uma pessoa ainda viva, mas enfim devanios a parte voltando para o post) e, para quem gosta de fotografia, suas obras são parada obrigatória e de conhecimento obrigatório também (mesmo que superficial como é o meu).

Enfim, sua obra pode ser dividida em duas fases: uma primeira de fotografia social, em que ele retrata as mazelas da humanidade, ou como ele mesmo diz em suas palestras e entrevistas quando ele acreditou que a humanidade não teria mais futuro, e que inevitavelmente seria extinta.

Já em sua segunda fase: quando ele “desiste” de fotografar (porque ficou doente de tanto conviver com a dor, sofrimento e morte acredito), e volta ao Brasil e começa a reflorestar as terras que havia sido o paraíso em que tinha crescido, e começa a redescobrir o planeta e as belezas do mundo e é quando sai numa excursão para fotografar a paisagem intocada (que deu origem ao livro Gênesis – que se quiserem me dar de presente aceito, seja natal, ano novo, ou simplesmente porque gostam de mim kkkk)  (mais uma vez, é estranho para mim tentar analisar as fases e obras de uma pessoa que ainda está viva e que continua produzindo… normalmente a gente faz isso anos depois da morte, estilo Machado de Assis)

Enfim, uma marca registrada da fotografia de Sebastião Salgado é que ela é em preto e branco e em alto contraste, os prestos são acentuados, e os brancos também e a definição é linda.

Mas sem mais delongas, inspirada no preto e branco, contudo sem muita definição estas foram as unhas:

Os esmaltes usados:

Preto – Pucca é meu esmalte preto do coração… ele é fosco, ele é do vidrinho de estrelinha e ele tem a Pucca. Uma camada cobre tudinho. A única coisa que eu não gosto é do pincel que é bem inho mesmo… Pequenininho.

Beijo no escurinho – Risque preto acizentado com brilhinhos… aquelas coisas lindas que valem a pena ter na sua caixinha… Passei uma camada para suavizar o preto Pucca

Arabia – Risque é um cinza (parece o tubinho da mesma marca e vários outros cinzas claros) – esponjei em cima do preto para suavizar e numa tentativa de fazer um degradê que não deu muito certo.

030 – X da Cor é branco, foi esponjado, sem muito o que falar… acredito que depois daquela fase bizarra de pré-adolescência em que você passa o corretivo nas unhas para elas ficarem brancas, ninguém usa mais branco puro nas unhas, usa? (ok, talvez só eu tenha feito isso na vida, mas morria de vontade de ter um esmalte branco corretivo e não sei porque na época nunca encontrava)

Infelizmente, como a primeira cor que eu pintei foi o preto, não consegui fazer o esponjado com toda a definição que queria e que merecia, mas ainda sim, gostei muito do resultado.

Enfim, por hoje é isso… Espero que tenham gostado.

E aí, inspirei?

Obs: tirando as fotos das unhas e dos esmaltes (que são minhas) as outras duas fotos aqui postadas pertencem a Sebastião Salgado, caso o autor (ou qualquer um que o represente) queira, peço que me informe e removerei a imagem.

Beijos pessoas.

Isto é magia acredite ou não

20 jun

OOOOOOOiiiiiiiiiiii!!!

Finalmente meu wordpress me deixou logar!!! \o/ \o/ Ele ficou bravo porque eu esqueci a senha e não estava querendo me deixar conectar… mas enfim… este é o motivo do atraso, vamos ao post.

E vou ser sincera, não gostei do filme. Achei uma sequência meio clichê num misto de Para Sempre Cinderela (aquele filme com a Drew Barrymore de 1998, com o desenho da Disney, numas sequências bizarras de cena e câmeras e sei lá, o que posso dizer é que duas coisas clássicas ficaram faltando no filme (e sim fizeram muita falta, e o responsável pela direção musical do filme merece ser vaiado): a primeira é a valsa da Cinderella, a música é um clássico, e a segunda e com certeza a maior falha do filme: chama-se Helena Bonhan Carter para fazer a Fada Madrinha e não põe ela para cantar: Bibidi bobidi bu! (o pior ela não fala a frase mágica essencial uma vez!

Vou ser sincera, eu ia fazer as unhas inspiradas no vestido da Cinderela, até ver a Fada Madrinha, e até ver que era interpretada pela Helena Bonhan Carter (sou fã da mulher, ela é unida com Tim Burton, foi Belatrix em Harry Potter, a rainha de copas em Alice, enfim… eu gosto muito dela).

E aí as unhas só poderiam ser inspiradas nesta personagem:

O mais engraçado é que dos diversos papéis que lembro ela fazendo, a fada é a mais normal e a mais boazinha.

E as unhas inspiradas na fada foram:

Os esmaltes usados foram:

Cristal – Risque é um renda com brilhinhos todo bonitinho, ele é cintilante e fica mto bonito sobre outros esmaltes.

Glam – Ana Hickmann é um gliter perolado, e é lindo

Essence Effect (Essence Collor & Go) Baby, you´re a firework – é um glitter com efeito 3D e é lindo!!!!

Achei que ficou lindo, bem clássico, e muito bonito. E vocês o que acharam?

E aí inspirei?

Até semana que vem.

beijos

Kakashi

4 jun

Oiii!!! E aí sobreviveram ao feriado?Emendaram? Como estão?

E hoje eu vou escrever sobre um dos meus personagens de Naruto preferido. O Kakashi.

Ele é o mestre do time 7, que é formado pelo Naruto, Sasuke e pela Sakura, e também foi pupilo do Quarto Hokage.

O Kakashi é um ninja de temperamento calmo, sempre ajudando os amigos e incentivando os seus pupilos. Ele perdeu um olho em uma de suas missões, e, ganhou de um amigo o Sharingan (que é um olho pertencente somente ao clã Uchiha e que permite você a ver mais, melhor, copiar ninjutsus e um monte de outras coisas), e assim, ficou conhecido como Kakashi do Sharingan (até porque é o único – até onde se sabe – que não é do clã Uchiha que possui um desses olhos).

Ele se veste como um Shinobi (ninja) de Konoha, com uma máscara que cobre a boca, e com seu protetor de testa tampando o olho do Sharingan.

Kakashi gosta de ler, e em seu tempo livre lê os romances (de conteúdo adulto) escritos por Jiraya.

Enfim, e inspirada nesse personagem que é super carismático essas são as unhas:

Os esmaltes usados foram:

Arábia da Risque – é este cinza lindão, que espalha super bem, duas camadas cobrem tudinho e é tudo de bom.

True Blue – Arezzo – é um esmalte antigo que eu tenho, e, mesmo com o tempo, diferentemente de um bom vinho, ele não melhorou, continua com um pincel horrível, continua difícil de espalhar, continua do mesmo jeitinho tudo de ruim de quanto eu ganhei ele, mas a cor é bonita… É um azul que ainda não achei igual, e como ainda tem muito esmalte…

A mão direita ficou muito melhor do que a esquerda, provando que eu realmente sou canhota, e que mesmo com todos esses anos de prática, ainda não consegui igualar e nem deixar mais ou menos parecida minha habilidade esmaltística da mão direita e da mão esquerda.

E, por hoje é só.

E aí, inspirei?

Beijos

É laranja!

28 maio

Gente, só assim pra eu usar 3, e eu digo trêeeees esmaltes laranjas ao mesmo tempo, mas isso porque o primeiro achei que ficou tão medonho que tentei disfarçar com outras coisas por cima…rs

Assim, minha pele, quando não estou bronzeada, é meio amarelada, e quando estou bronzeada, bom, em situação nenhuma combino com laranja, tanto é que nem no meu guarda-roupa se acha nada nem desta paleta, nem na caixinha de esmaltes.

Ok ok, eu tenho aí uma meia dúzia de vidrinhos, alguns vieram com kit fechados de esmaltes, comprando mini coleção ou coleção toda, outros 2 eu comprei de propósito pra fazer as nail arts aqui do blog, na época em que eu não tinha nenhum. Agora tenho uns 5 e tá mais que bom, dado o fato de que eu não uso!!!

Não se deixem enganar pela bela foto, pessoalmente eu achei muito horrível…rs

Resumindo a valsa, TIVE que né…rs Já que inspiração dada é inspiração cumprida, mas admito que não durou mais que 24h, achei que na minha pele ficou creuzo demais pra manter e sair na rua com ele…rs

Cores:

Laranja – Simple Pleasures (a cor não tem nenhum nome, código, nem nada…) (para a base)

Citrine Seduction – Jade Diamond efeito mate

Cobertura Encantada – Risqué flocado

Passei na seguinte ordem: laranja da base, Jade mate e por cima, pra dar brilho o flocado. O laranja da base foi meio um inferninho pra passar, porque manchou mega e demorou horrores pra secar, duas camadas e muita tortura…rs

Depois que eu finalmente convenci o esmalte a secar sem amassar, sair, marcar, etc etc, consegui passar normalmente as duas coberturas e tudo tranquilo.

Confesso que agora, olhando assim pelas fotos, com iluminação e tal, até parece bonito, mas na hora ficou medonho (na minha opinião né…)

Pra quem gosta de esmalte laranja esta é uma combinação de arrasar, porque a mistura do diamond mate com flocado deu um brilho todo diferente

E é isso gente, passei no teste? Deu pra perceber que eu realmente não me dou bem com essa cor né? rs

Gostou? Me conta!

Beijos e até a semana que vem!

Aves do paraíso

6 mar

OOOOOOOooiii!!!!

E aí como estão hoje?

Infelizmente hoje o post é curtinho… Enfim, como a Alcione falou na segunda, as aves do paraíso tem uma beleza exuberante, e chamam atenção por sua coloração vívida…

Então as minhas unhas foram inspiradas nesta foto:

E as unhas foram estas:

Os esmaltes usados:

Chow Chow – Risque é o azul claro que usei de base, ele é lindo… mas chatinho de passar.

Missão Azul – Colorama azul mais escuro que esponjei na parte de baixo.

Dragão Negro – Ana Hickman – é preto e é lindo.

E por hoje é isso…

E ai, inspirei?

Beijos

Risque – vanguarda

27 fev

OOOOOOOIiiiiiii!!!

E aí como estão hoje? Eu estou bem, tive enxaqueca ontem a noite, fui dormir era umas 22 horas, e hoje acordei super bem disposta as 5:50 da manhã, e sentei para escrever este post.

Enfim, em 2012 (sim já faz um tempinho), a Risque lançou uma coleção “Tenho que ter”, que, na minha opinião não tinha nada de muuuiiiiitttooo original, novo, ou interessante.

Na minha opinião, nada de novo, nada que chamasse a atenção, enfim, nada marcante… “Tenho que ter” estava só no nome. O que tinha de mais legalzinho nesta coleção são os dois esmaltes que tenho, o Violeta Chic (que, se vocês já reparam, eu tenho por motivos óbvios, eu adoro unhas lilás, roxas e nestes tons afins), e o vermelho (afinal o nome fazia você querer ter, ele não era qualquer vermelho, ele era fundamental com um ponto de exclamação ao final).

Mas enfim, tirando o nome, se pensarmos na época e com todos os lançamentos que estavam saindo, o vermelhinho da Risque, não era lá tão fundamental, primeiro porque nem era tão vermelho, ele parecia um goiaba, ou um pouco terroso, segundo porque na época (que eu me lembro) tiveram coleções de outras marcas mais interessantes, cores mais bonitas no mercado, e vermelhos que realmente marcavam.

Enfim, os anos passaram… E hoje, sabendo que a cor da Pantone de 2015 é o Marsala, posso dizer que em 2012 estava erradas, e você, se ainda tiver o vermelho fundamental na sua caixinha, deve tirá-lo daquele fundo do baú, e usá-lo, sim… Porque é o nacional que mais se aproxima da cor do ano ditada pela Pantone.

Aliás, como tem já bastante tempo que eu não vou numa loja comprar esmaltes (acho que eu falei para vocês, eu tenho vários esmaltes que ainda não usei, e alguns que eu gostaria de usar, e quando vi que alguns dos meus queridinhos estavam estragando sem nunca terem sido abertos, parei de comprar esmaltes só pelos lançamentos, comecei a comprá-los por serem diferentes, etc, hoje a minha coleção é composta mais por esmaltes ganhados – que eu adoro – do que por esmaltes comprados).

Então vamos às unhas:

O esmalte usado é o Vermelho Fundamental da Risque…

Lembro que na época eu comprei para usar no casamento da Britt lá nos Estados Unidos, e até tirei umas fotos com ele, mas aí ele descascou e eu acabei fazendo as unhas de acrílico, e aí machuquei todas as minhas unhas ao tirá-las, enfim…2012 foi um ano interessante.

Como eu disse o Vermelho Fundamental da Risqué parece ser um pouco mais claro e um pouco mais rosado (menos terroso) do que o Marsala da Pantone, mas dá para usá-lo e estar no tom da moda.

E é isso por hoje…

E aí inspirei?

Beijos

%d blogueiros gostam disto: