Tag Archives: Mudanças

Mudanças e organização

22 nov

Oooooooooooiiiiiiii!!!!

Então, como disse esta semana eu escolhi o tema mudança, a partir de uma introspecção, as mudanças que ocorreram na minha vida, e o que tenho percebido que preciso mudar.

E uma coisa que tenho percebido (não que eu já não soubesse, mas… agora morando a dois, em um apartamento, dividindo tudo e etc… ficou muito maais claro): SOU DESORGANIZADA!

Sim, minha vida muda, minha bagunça muda, as vezes para mais, as vezes para menos, mas esta é uma coisa que tenho sentido uma necessidade absurda de mudar… Então, como eu tenho procurado dicas sobre como, vou dar as que encontrei (ainda não botei em prática, mas, se vocês acharem que precisam também se organizar, façam comigo, e depois nós trocaremos figurinhas sobre quais dão certo e quais não, pode ser?)

107276982

1) A primeira dica é sobre um livro que ainda não li… (sim, tenho ele aqui no apartamento, o meu noivo comprou, leu, tem aplicado bastante do método ali ensinado) é o Getting Things Done, ou em português “A arte de fazer acontecer”.

imagesBasicamente, o GTD fala que para você poder realizar as coisas, você tem que tirar o trabalho de sua cabeça, fazer listas, priorizar tarefas, enfim… Acredito que falando assim vocês podem até pensar que não é nada de novo, mas ao que eu sei a metodologia dele e as dicas que ele dá para fazer isto acontecer são geniais…(pelo que eu sei, ainda não li e com 2 trabalhos de pós, e precisando entregar meu projeto de pesquisa até dia 13/12 provavelmente não vou ler tão cedo)

2) Ter uma lista de prioridades. Convenhamos, não sei o que aconteceu, mas parece que esta cilada chamada “ser gente grande” implica em falta de tempo.

administracao-do-tempo

Não sei se para vocês parece o mesmo, mas hoje eu acordo mais cedo do que quando era criança, durmo mais tarde e mesmo assim não consigo fazer metade das coisas que me programo. Parece-me que estou sempre correndo e o tempo correndo ainda mais, e nunca nos alcançamos, então chega ao fim do dia, tenho a sensação de que não fiz metade das coisas que deveria fazer.

Portanto, para evitar esta sensação (pelo menos todos os lugares que eu li falam) devemos priorizar aquilo que temos que fazer. Temos que criarmos metas, objetivos, e acima de tudo “deadlines”, ou o que os advogados mais amam e temem PRAZOS.

3) Dica para a casa: NÃO ACUMULE! Isto eu meio que tiro de letra, tenho pânico de papéis e plástico e qualquer coisa meio inútil acumulando (talvez porque se eu me descuidar eu sei que deixo coisas acumulando e que depois viram bagunça…Mas enfim um dos programas na TV que mais me perturbam – ODEIO – chama “Acumuladores” e passa no Discovery Home and Health, assistam e vocês aprenderão a não acumular também!!!

CONFESSIONS OF A SHOPAHOLICO que eu posso aconselhar, procure ter um espaço para você e para suas coisas (este é o meu conselho mesmo porque dava certo para mim em Rio Preto e em Franca, ainda não encontrei um lugar para mim em Ribeirão, até por isso acredito que minhas coisas estão super mais bagunçadas do que costumavam ser, mas paciência e tempo me ajudarão).

Neste teu espaço, faça a “sua bagunça”, isto evita que a bagunça se espalhe para o resto da casa, e, uma vez por mês, utilize parte do seu tempo para organizar seu lugar, exemplo: organizar sua caixa de esmaltes, guardar seus livros, jogar papéis fora, arquivar suas contas…Isto ajuda e muito!

Tem um site que dá uma dica legal também: TODO DIA ANTES DE DORMIR VERIFIQUE A CASA, SE TIVER ALGO FORA DO LUGAR VÁ CATANDO E GUARDANDO (exemplo: sapatos fora do armário, roupas em cima de móveis, etc)

4) Uma dica que eu passei para um amigo para ele poder estudar, mas que nunca apliquei para mim (shame on me, vergonha de mim mesma) e que para ele deu muito certo, é fazer uma planilha de horários. Saiba o que você faz no dia, quanto tempo você gasta fazendo, e vá intercalando os horários de estudo e lazer (sim, reza a lenda que se você conseguir fazer isso, você terá tempo para MUIIIITAA COISA).

tabela15) Arrume sua cama todo dia de manhã! É comprovado que pessoas que arrumam suas camas tendem a ser melhor organizadas, porque dá um certo gás. Então, acordou, arruma a sua cama! Garanto para você que só de ver que ela está arrumada te dará um animo para tentar organizar o resto do seu dia!

sonhar-com-cama6) Vou deixar esta como minha última dica (até porque, as cinco primeiras já vão me deixar bem ocupada por um tempinho), ACOSTUME-SE E ACEITE O IMPREVISÍVEL!

Beleza! Você leu o livrinho do GTD, achou o máximo e quer aplicar todas as dicas que ele deu, e você começou a arrumar sua cama, livrar-se das coisas que estavam acumuladas, arrumou o seu cantinho e, ainda, fez toda a sua planilha! Tudo lindo, perfeito…

Mas como Murphy é sempre um cara sacana, depois de você ter tudo super organizadinho (planejado), na fase da execução, um “vendaval” acontece na sua vida e toda sua programação vai “por água abaixo”, e aí, o que fazer? Aqui vão algumas opções:

a) Fica nervoso, xinga tudo, porque nada dá certo e que nada funciona como você planejou

b) Desiste desta história de organização porque isto simplesmente não é para você, afinal, você tinha tudo já ajeitadinho sobre como as coisas deveriam correr, e tudo sempre desanda

c) Respira fundo! (Mas muito fundo e bem calmamente) Estufa o peito e assume “tem coisas que acontecem, são imprevisíveis a nós só cabe nos adaptar”. Aceita a mudança de planos, a mudança dos eventos, e, assim que toda a situação se acalmar você retoma a sua rotina planejada.

Na minha opinião, eu escolheria e sempre escolho a letra C, porque não podemos prever o imprevisível e nem evitar o inevitável, vai ter um dia que você se programou para lavar a roupa, arrumar os esmaltes, estudar, montar seu projeto de pesquisa para entregar o TCC, e veio aquela cólica horrorosa, ou até mesmo a notícia de um familiar doente e internado, e você vai ter que largar as coisas e retomá-las posteriormente.

Agora a dica advanced master plus que eu dou para quem quiser estudar (esta é bônus, porque eu já aplico desde 2011 – quando meu objetivo foi passar na OAB de primeira antes de me formar). Uma das melhores técnicas de estudo que eu conheço, para aproveitamento e rendimento, e para concentração é a técnica do Pomodoro, que prevê que a cada 25 minutos que você realiza uma tarefa você tem um intervalo para descanso.

Quem tiver interesse em saber mais clica aqui.

Enfim, por hoje é isso…

Gostaram das dicas? E vocês tem mais dicas para darem?

Beijos e bom final de semana

Anúncios

Muda tudo, mas muda devagar.

21 nov

Ooooooooooooooiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!

E aí como estão???

Eu to bem, mais uma sexta que chegou, mais uma semana que passou, e vocês já conseguem sentir o cheiro do natal????

Enfim, o tema desta semana é mudança. Mudar é importante, e estamos em constante mudança (aliás somos seres em constante mudança), as vezes mudamos tanto que nem percebemos, pois para nós foi simples “amadurecimento”, mas para aqueles que estão de fora, a mudança é algo tão espantoso e notável que sei lá muda tudo.

Já perceberam que muitas vezes mudamos de tal forma que até nossos amigos, nossos interesses, nossos gostos, enfim tudo muda?

Pois é, pensando nisso as minhas unhas foram estas:

RSCN2366

A ideia foi fazer um degradê, indo do mais claro ao mais escuro, mostrando as diferentes nuances da mudança, e como as vezes elas podem ser bruscas, como outras vezes são tão sutis.

RSCN2356Os esmaltes usados foram (pela ordem dedão ao mindinho, conforme está na foto)

Sinful Collors -Pink Forever – é uma daquelas cores chatinhas de passar, a pincelada fica meio marcada, sei lá, mas a cor vale a pena

Wet´n´wild –  Lavender – é um rosa lindo, vale a pena ter na caixinha, vale a pena desfilar com ele…

Impala – Espelho – que é um rosa lindo para o pé, super delicado para as mãos, se você encontrá-lo compre, tenha na sua caixinha, acho que este é o segundo vidrinho dele que eu tenho, ADORO

Mary Kay -Bold Fuchsia – super bem pigmentado, super seca rápido, super adoro, super tudo, pena que foi edição limitada!!!!!

Dior -Rouge Maya. Acho que já falei para vocês que este é o meu xodó né? Comprei ele no freeshop e não me arrependi, ele é super pigmentado, o pincel dele por ser aqueles chanfradinhos ajudam na hora de passar o esmalte, e não preciso mais falar nada né?

RSCN2365Acho que minhas unhas representam bem as mudanças, algumas vezes mais sutis, outras mais perceptíveis, mas sempre muda, assim como os tons de rosa nos meus dedos.

RSCN2368Enfim, por hoje é isso, volto amanhã!!!!

E aí, inspirei?

Beijos

Mudando devagar

21 nov

Bom, este tema achei que fosse mais complicado de executar, mas, como a indústria colaborou bastante conosco nestes últimos dois anos lançando mil acabamentos diferentes, até que foi bem fácil criar alguma coisa baseada nesta inspiração.

Primeiro pensei em um degradê, aí depois que a Paula postou eu não quis esmaltar repetido e fui fuçar na(s) minha(s) caixinha(s). Encontrei o esmalte magnético dO Boticário, que eu tinha comprado há um tempo mas ainda não tinha usado, porque quando tinha tempo não tinha saco pra aplicar e vice-versa.

Este é o bointinho. Créditos da foto para as queridas do Viciadas em Esmalte

Este é o bointinho. Créditos da foto para as queridas do Viciadas em Esmalte

Explico, esmalte magnético, pra quem ainda não teve a chance de testar, é de aplicação trabalhosa, tem que fazer uma unha de cada vez, aproximar o imã enquanto ele está bem molhado e com muito cuidado pra não encostar, senão amassa e tem que começar tudo de novo.

Acabei pensando: combina perfeitamente com o tema!

Vamos ver como ficou?

Foto sob o sol (sem efeito macro) - vocês já vão entender porque

Foto sob o sol (sem efeito macro) – vocês já vão entender porque*

Cores:

Magnetic Silver – O Boticário, magnético, coleção Black Cristal

A esmaltação foi normal, seguindo o padrão de aplicação de esmalte magnético, ele secou bem rápido, mas não ficou tão super legal quanto nas fotos de divulgação, acho que preciso treinar mais.

Aqui sob a sombra*

Aqui sob a sombra*

E o que tem a ver isso tudo com o tema da semana?

Bom, o esmalte magnético é trabalhoso e requer tempo para ficar bom, assim como as mudanças. Quando a gente erra tem que recomeçar e prestar mais atenção pra sair perfeito. E a parte mais divertida é que quando você segura o imã sobre a unha por um bom tempo, dá pra ver pelos cantinhos a mudança ocorrendo no esmalte, bem ali, diante dos seus olhos, ele se mexe e assume outra forma. E jamais volta a ser como antes. Legal né?

E é isso gente, gostaram? Me conta!

Beijos e até a semana que vem!

*PS. Peço desculpas pelas fotos borradas e sem macro, mas a bonitona aqui conseguiu a proeza de perder a câmera neste último feriado. Tirei as fotos desta semana com a câmera do tablet, e apesar de a iluminação ter sido boa ele não tem modo macro, então não dá pra fazer nada muito bom nem mostrar os detalhes. Eu já ia mesmo mudar de câmera mas estava enrolando, aí a vida (esta fanfarrona) me deu um empurrãozinho…rs

Mudanças necessárias

20 nov

Ch-ch-ch-ch-changes
Just gonna have to be a different man
Time may change me
But I can’t trace time

Como vocês lidam com mudanças? São situações que nos dão medo, nos tiram da zona de conforto, mas são necessárias e essenciais em nossas vida. Afinal, o que seria de nós sem as mudanças?

IMG_2504   IMG_2499

Minha ideia inicial era usar daqueles esmaltes que mudam de cor no sol. Tenho uma coleçãozinha aqui da Top Beauty que já não tinha funcionado uma vez, mas resolvi tentar de novo. E de novo não funcionou e como o esmalte era branco, resolvi fazer esse degradê.

IMG_2512

Fiz esponjado mesmo, utilizando um preto (Sépia, da Risquá) e um cinza (Super Style, da Beauty Color). Além disso, apliquei o glitter Star, da Risqué nas pontinhas.

IMG_2508

E o preto está virando branco ou o branco está virando preto? A mudança é para melhor ou para pior? Bem, aí vai depender do seu ponto de vista.

Gostaram?

Beijocas!

Por Enquanto

6 fev

Oi Pessoas,

E aí como estão?
O tema dessa semana é Por Enquanto – música que eu gosto muiiitto na interpretação da Cássia Eller

Se você quiser ver a letra clique aqui!

Escolhi esta música como tema, pois ela me lembra mudanças. E desde que a conheço sempre que um ciclo se encerrou na minha vida, ela passou dias na minha cabeça.

Todos nós passamos por mudanças. É necessário sempre que um ciclo se feche para que outro se inicie. Mas como lidar com elas? E quando não estamos preparados? E quando se está preparado para mudar?

Fato é que nem tudo sai como planejamos, e neste inesperado como nos adaptar?

E o mais difícil é quando nós mudamos, mas ao nosso redor, tudo parece igual… Como lidar com nossa mudança interior? E com a forma que nos sentimos?

E neste tanto de perguntas, deixo para vocês o tema desta semana…

Abraços e beijos e vejo vocês na sexta.

E aí, inspirei?

%d blogueiros gostam disto: