Links pra fugir da Copa

28 jun

Semana passada falei que o mundo parece voltado pra Copa. Mas tem gente que nem liga. E sabe quem são os grandes aliados nessas horas? O Netflix, o Vimeo, o YouTube… Claro que só pensando em “assistir” algo como opção. Você pode ler, fazer as unhas, aproveitar pra andar de bicleta na hora do jogo do Brasil com as ruas desertas…

Achei bem interessante esse artigo sobre como o Netflix deseja transformar o modo de as pessoas assistirem à TV (e a cultura como um todo!), e acho que está conseguindo.

“Vladimir Nabokov believed that humanity’s highest yearning ought to be to leave behind any desire to be up-to-date, to be unconcerned with what is happening now. As he put it in his notes to Pale Fire: ‘Time without consciousnesslower animal world; time with consciousnessman; consciousness without timesome still higher state.’

The business of entertainment has not generally shared Nabokov’s view.

[…]

Eventuallyor so goes the strategypeople won’t be able to imagine having their options defined by a programming grid. Not coincidentally, Netflix has been vying with Amazon to become the premiere source of streaming series for young children, for whom having to wait for new episodes of their favorite shows to air is unfathomable.”

E este outro artigo bem interessante comenta sobre o comércio no mundo das cópias e do grátis, ou quase grátis.

Mas vamos falar de assistir a algo de fato, né?

Esse post dá dicas de alguns documentários inspiradores. Eu só vi o da Madonna, clássico.

E quando bate aquela dúvida do que assistir? Você conecta ao Netflix e parece aqueles dias em que abre o guarda-roupa abarrotado e acha que não tem nada de bom. Olha que bacana esse site. Lembra aquela época de ir na locadora e olhar as sugestões do mês ou bater um papo com o atendente.

Quanto às minhas sugestões pessoais, vou ter que manter tudo dentro da galáxia Netflix mesmo porque é praticamente a única coisa que utilizo pra assistir ultimamente. Bom, não posso deixar de recomendar o já batido (nas recomendações, claro) Breaking Bad (pra quem já viu tudo, olha esse video fantástico; contém spoilers de todas as temporadas, cuidado!).

Os outros dois que estou assistindo são Arquivo X e Numb3rs. Olha, Arquivo X dizem que o final é péssimo, mas estou na sexta temporada e por enquanto, tirando alguns episódios esporádicos bem ruins e uma quinta temporada oscilante, está valendo muito a pena. Não sei o que vou fazer quando acabar…

E sabe o que descobri? Que muitos episódios, inclusive vários dos meu preferidos, foram escritos pelo Vince Gilligan, o criador de Breaking Bad. Whaaa? Sério, o cara é bom.

Quanto a Numb3rs, estou gostando, uma série bem básica, boa pra passar o tempo e distrair, mas não viciante como as duas acima. Pra quem gosta de agentes do FBI sendo ajudados por gênios, é um prato cheio. Produzida pelos irmãos Ridley e Tony Scott,  é bem dirigida e produzida, mas previsível, como a maior parte do filmes do Ridley.

Também amei a primeira temporada de Da Vinci’s Demons. Espero que o Netflix exiba as outras temporadas logo!!

E quem ainda não assistiu Lost, Twin Peaks e Arrested Development, o que ainda está fazendo lendo isso aqui? Corre lá.

 

 

 

 

Anúncios

Caso tenha problemas ao comentar, atualize a página (F5) e preencha seus dados sem o email.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: